Postagens

Mostrando postagens de Março 10, 2008

Casablanca, Michel Curtiz

Imagem
História de amor em tempos de guerra é um dos títulos mais cultuados de todos os tempos

Se existe um filme que se tornou peça do imaginário coletivo, é Casablanca. Dirigido pelo húngaro naturalizado americano Michael Curtiz, entre 1941 e 1942, quando os Estados Unidos aliaram-se a um grupo de nações para combater o eixo formado por Alemanha, Itália e Japão, na Segunda Guerra Mundial, o clássico toca em tema sagrado.
Menos pelos fatos históricos, a aclamação universal dessa película nasceu do assunto abordado, um romance em tempos de guerra, cujo apelo ultrapassa qualquer fronteira ou cultura. A aura mágica de Casablanca fez dele referência para inúmeros cineastas, como Woody Allen (Sonhos de um sedutor, de 1972, no qual ele é ator e roteirista) e Sydney Pollack (que filmou sua versão caribenha em Havana, de 1990), novelas radiofônicas e paródias, como um desenho do coelho Pernalonga.
Humphrey Bogart, como durão, justo e apaixonado Rick Blane, ajudou na consolidação do mito. Na históri…