Postagens

Mostrando postagens de Julho 21, 2008

José Paulo Paes

Imagem
"Pode-se ler a poesia de José Paulo Paes, breve e aguda a cada lance em sua tendência constante ao epigrama, como se formasse um só cancioneiro da vida toda de um homem que respondeu com poemas aos apelos do mundo e de sua existência interior". (Davi Arriguci Jr)
José Paulo Paes nasceu em Taquaritinga, São Paulo em 22 de julho de 1926 e faleceu em 9 de outubro, em São Paulo, de 1998. Poeta, tradutor, crítico e ensaísta, entre 1945 e 1948 estuda química industrial na cidade de Curitiba. Depois passa a trabalhar num laboratório farmacêutico.
Paralelo à profissão, José Paulo não deixou a literatura de lado. Mantém seu interesse desde o avô, que era livreiro. Ainda nos tempos de aluno em Curitiba colaborava com a revista dirigida por Dalton Trevisan, Joaquim. É dessa temporada que nasce o primeiro livro, O aluno, fortemente influenciado pela poesia de Drummond.

a poesia está morta mas juro que não fui eu eu até tentei fazer o melhor que podia para salvá-la
imitei diligentemente…