Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 4, 2008

Touro indomável, de Martin Scorsese

Imagem
A longa e sangrenta decadência de um lutador de boxe cuja alma é torturada pelo ciúme e pela brutalidade

Martin Scorsese não vivia seus melhores dias quando resolveu fazer Touro indomável. Seu filme anterior (New York, New York, de 1977) havia sido um fracasso de público e crítica, ele vinha sofrendo com o vício em cocaína e ainda passava por problemas no casamento com Isabella Rossellini - culpa, dizem, do temperamento explosivo e inconstante dele. Quem  lhe ofereceu a ideia de filmar a história do boxeador Jake LaMotta foi o amigo e parceiro Robert De Niro, que via no ex-campeão muito da personalidade de Scorcese. A princípio o cineasta recusou o projeto, mas acabou cedendo, com a ideia de que este seria seu último trabalho no cinema. Mais tarde, o diretor disse que De Niro salvaria sua vida ao lhe tirar das drogas.
A história foi adaptada da autobiografia de LaMotta (De Niro), que narra a saga do campeão invicto de pesos-médios na década de 1940 e sua decadência duas décadas depois…