Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 17, 2008

Cartas da Europa, de Jaime Hipólito

Segundo ele, na apresentação da obra, as cartas foram escritas "em folhas sem pauta". "A escrita segue em linha reta e com uma excelente caligrafia. A primeira carta foi escrita ainda dentro do avião, em guardanapos de papel. Durante um ano, Jaime escrevia quase todos os dias a parentes e amigos. Ansioso por notícias de Mossoró e do Brasil, queria saber de tudo, nos mínimos detalhes, desde notícias da política nacional ao desempenho de seus sobrinhos na escola. Ao longo dessas cartas, Jaime se mostra advogado, jornalista, escritor, filósofo, poeta, político, conselheiro e amigo. Nelas, portanto, é possível conhecer muita coisa da política local", destaca Gustavo, que também fez o projeto gráfico e a capa do livro de Jaime Hipólito Dantas.

É certo que a obra do escritor Jaime Hipólito Dantas não se resume apenas a três livros: O Aprendiz de Camelô, Estórias Gerais e De Autores e de Livros. Há mais escritos daquele que é considerado como um dos melhores críticos do Es…