Postagens

Mostrando postagens de Julho 23, 2009

José Saramago, o gosto pelo cinema e seus filmes preferidos

Imagem
Para quem não sabe, José Saramago é um amante da arte do cinema. Do gênero imiscuiu a prática na escrita. Notem os diálogos suspensos de seus romances (suspensos no sentido de virem desprovidos do itinerário comum das falas no romance tradicional) e vejam se não é uma técnica cinematográfica deixar que a personagem fale por si, sem interrupções mais demoradas do narrador. E mesmo a presença temática na obra: é através de filme que Tertuliano Máximo Afonso, personagem de O homem duplicado, reconhece que há alguém de mesmo porte físico que o seu. 
*
Em As pequenas memórias, o escritor recorda-se de algumas idas ao cinema quando entre a infância e adolescência. Recortamos dois fragmentos: num, a impressão que o cinema tantas vezes lhe causava, no outro, algumas de suas comédias favoritas. 
"Lembro-me de dormir no chão, no quarto dos meus pais (único, aliás, como já disse), e dali os chamar a tremer de medo porque debaixo da cama, ou num capote dependurado do cabide, ou na forma dis…