Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 28, 2009

Tudo sobre minha mãe, de Pedro Almodóvar

Imagem
Em homenagem ao universo feminino, consagrado diretor espanhol fala de perdão e da relação entre pais e filhos
As mulheres sempre ofereceram um pilar de sustentação ao cinema de Pedro Almodóvar: fortes, passionais, vingativas, elas são o veículo pelo qual o espanhol expõe seu humor exótico, os fetiches e desejos, as lembranças de infância. Talvez em nenhum outro momento elas tiveram maior destaque do que em Tudo sobre minha mãe, obra da fase madura e melancólica, marcada por melodramas. O período teve início com A flor do meu segredo (1995) e Carne trêmula (1997) e prosseguiu com o dolorido Fale com ela (2002), o sombrio Má educação (2004) e o recente Volver (2006). Na trama, Almodóvar reúne um pouco de almas (femininas) desorientadas e tece um drama delicado sobre o relacionamento entre pais e filhos, a autodestruição (e a subseqüente volta por cima) e o perdão.
Manuela (Cecilia Roth) leva seu filho Esteban (Eloy Azorín) para comemorar seus 17 anos assistindo a uma encenação de Um bo…