Postagens

Mostrando postagens de Novembro 29, 2010

Mandacaru, o inédito de Rachel de Queiroz

Imagem
No dia 17 de novembro passado fechou-se o ciclo sobre o primeiro centenário da escritora Rachel de Queiroz. No Rio de Janeiro, o Instituto Moreira Salles (IMS) lançou uma coletânea com dez poemas da escritora. Intitulada Mandacaru a antologia é uma compilação fac-similar de manuscritos até então inéditos e pertencentes ao Fundo Rachel de Queiroz do Instituto. O livro estava integralmente organizado pela escritora, mas desistiu de vê-los publicados e o que restou, além de fragmentos divulgados pela imprensa, onde ela foi sempre muito ativa como cronista, foi a compilação que generosamente entregou a sua amiga Alba Frota. 

Alba guardou o caderno e antes de sua morte em 1987 devolveu para a família de Rachel. O material acabou indo junto com os cerca de cinco mil itens hoje pertencentes ao IMS. Escrito em 1927, mas com data na capa de 1928, como se assinalasse certa revisão final sobre os textos, os poemas datam do período em que a escritora estreou na imprensa: nesse mesmo ano, Raquel es…