Ensino, pesquisa e formação de professores de Língua Portuguesa e de Literatura

Por Pedro Fernandes



Em agosto de 2010, o Campus Avançado Professora Maria Elisa de Albuquerque Maia, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, em Pau dos  Ferros, sediava a sétima edição do Colóquio Nacional de Professores de Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e de Literatura. Na pauta muitas discussões acerca do atual estágio do ensino dessas duas disciplinas no âmbito da graduação e da educação básica. 

No calor das discussões que deram forma aos três dia do evento pensei em, depois daí, sistematizar essas discussões num suporte capaz de ser acessível por uma grande público - seja aquele que estando numa determinada roda de trabalhos não poderia está em outra, seja aquele que não teve contato com esses debates. É daí, pois, que nasce a ideia de organização de um livro eletrônico. O suporte ainda inovador atenderia essa demanda. Aprovada a ideia por parte das Edições UERN, editora que se dispôs a publicar o material - que no catálogo dessa instituição é mais que inovador, é inédito - juntamo-nos, eu, Lúcia Sampaio e Cezinaldo Bessa, na recolha dos textos e sua disposição na obra.

O trabalho reúne um conjunto de dezesseis textos que estiveram em conferências, mesas-redondas, grupos de trabalhos desse evento e vem apresentado pelo professor francês, que também assina um texto, Constantin Xypas, professor Ciências da Educação para Université Catholique de L'Ouest - UCL (Angers - France) e professor Adjunto da Universidade de Sherbrooke e Universidade do Quebec em Trois-Rivieres. O material foi apresentado no âmbito do II Encontro de Escritores, realizado nos últimos dias 14 e 15 de dezembro, no próprio Campus de Pau dos Ferros. E já com uma indicação: é que no dia do lançamento tomei conhecimento que material aí apresentado já foi incorporado nas referências básicas para a seleção do Mestrado em Letras da UERN. Devo recortar depois desse primeiro reconhecimento o texto de capa que vem apresentar o lugar que essa obra busca:

Organizamos um livro que, tanto quanto sabemos, não é um livro didático apresentado a leitores comuns, tampouco uma compilação gratuita de falas. Ele quer reivindicar um espaço próprio no mesmo instante de tempo em que não se perde de uma conexão aos fios de outras vozes que discutem a sua dorsal – ensino-pesquisa-formação-de-professores. 

O zelo com esse eixo o leitor haverá de notar ao longo do conjunto de textos aí apresentados. São textos que partem de um ponto de vista coerente e buscam cerzir com outras visões teóricas e/ou metodológicas um itinerário próprio, não perdendo, em nenhum instante, os padrões do estudo acadêmico, presente isso na própria tentativa de reformular as conceituações e os pressupostos sobre os quais se firmam as raízes de cada texto. Qualquer especialista nos temas aí tratados poderá certamente não se sentir satisfeito com seus propósitos

Cremos, para efeito, que nenhuma das vozes que aqui se inscrevem, assim como as vozes mais experientes em determinados assuntos, visam esse propósito, diante de questões tão amplas e em constante efeito de mutação como são as questões referentes ao ensino, à pesquisa e à formação profissional de professores de Língua Portuguesa. 

Mas, é fato que os seus autores têm o cuidado e o interesse em dar respostas para as perguntas que cada um levanta em seu texto. Isso tudo vem compor, em linhas gerais, o perfil e o propósito deste livro. É ele um caso real de colaboração de uma comunidade científica em torno de questões e problemáticas inerentes à sua área de atuação. Unidos por este interesse é que se depreende da pluralidade, a unidade desta edição. 

Para ter acesso ao e-book é só acessar aqui


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cinco livros para conhecer a obra de William Faulkner

Os melhores diários de escritores

Essa estranha instituição chamada literatura: uma conversa com Jacques Derrida

Lolita, amor e perversão

O conto da aia, o pesadelo de ser mulher numa teocracia

Os ventos (e outros contos), de Eudora Welty

O primeiro conto de Ernest Hemingway

Há muitos Faulkner

Kazuo Ishiguro, Prêmio Nobel de Literatura 2017

Boletim Letras 360º #239