Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 25, 2011

A arte de fazer livros

Imagem
Sem propagandas, mas sabemos nós leitores que os livros produzidos pela editora Cosac Naify têm algo além dos preços assombrosos para suas publicações: o esmerado zelo em oferecer quase livros-arte. O que chegou ao mercado agora, Museu do romance da eterna (imagem), do escritor argentino Macedonio Fernández é um exemplo disso que acabei de dizer.

A obra que foi escrita ao longo de 48 anos e está entre as que influenciou nomes como o do escritor Julio Cortázar e Jorge Luis Borges ganhou enfim uma versão brasileira. O trabalho de tradução é de Gênese Andrade e o livro traz uma apresentação de Damián Tabarosvky - isto é, o zelo se repete ainda quando o assunto é construir um bom conteúdo, ou que chamaria, de livro de referência.

Mas, há outras peculiaridades: a identidade visual com que foi pensada sua própria forma. Está dividido em duas partes - uma, a do romance propriamente dito e, outra, uma série de prólogos e dedicatórias, que formam uma coleção de reflexões fragmentárias. Para u…