Caio Fernando Abreu na web



Um dos escritores da literatura brasileira contemporânea que mais parecem levar consigo uma legião de fãs - leitores e inventores de leitor - Caio Fernando Abreu, agora tem disponível, pela passagem de seus 16 anos de morte, uma página oficial na web.

Caio Fernando Abreu se popularizou como um dos maiores fenômenos da literatura pop no Brasil com livros como Morangos mofados (contos, 1982) e o romance levado para as telas do cinema Onde andará Dulce Veiga (1990). Interessado no material urbano, no caos do mundo moderno, na solidão das metrópoles e uma aproximação daquilo que à época era um tabu, a realidade da Aids, e, claro, imerso em temas de uma humanidade que tateia seu fim, a desesperança, o dispersamento dos grupos e a formação de nichos sociais à margem da sociedade, deram o tom de sua obra. 

Mais conhecido como cronista, Caio também escreveu poemas, peças para o teatro, livros infantis. Ainda em abril de 2008, o Letras in.verso e re.verso fez um recorte de notas biobibliográficas do escritor gaúcho.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A religiosidade clandestina de Hermann Hesse

Água viva, de Clarice Lispector

Pablo Neruda: o que não dá mais para ocultar

Apontamentos sobre alguns textos curtos de Tolstói

Boletim Letras 360º #231

Salinger, um grupo de psicopatas e os do MKUltra

Quando Borges era Giorgie

A filha perdida, de Elena Ferrante

Gostamos de causar danos (com o grande romance estadunidense)

Jane Austen: casamento e dinheiro