Mais um evento sobre Jorge Amado

Jorge Amado e Zélia Gattai.


Sabemos todos os da literatura que Jorge Amado está sendo discutido numa rede de eventos acadêmicos ao redor do mundo. Divulguei por aqui ainda no ano passado um colóquio que se realizaria em Paris; depois fiquei sabendo de eventos na Espanha, Portugal e na Inglaterra. E agora dei com essa iniciativa do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, o Centro de Literatura Portuguesa da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e o Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em parceria com o Museu do Neo-Realismo (Vila Franca de Xira), a Universidade Estadual de Santa Cruz (Ilhéus-Brasil) e a Academia Brasileira de Letras. 

Trata-se do Colóquio Internacional 100 anos de Jorge Amado. O evento ocorrerá em duas sessões, a primeira terá como tema: História, Literatura e Cultura, será realizada nas dependências da Universidade Estadual de Santa Cruz, no período de 24 a 26 de setembro de 2012 e a segunda, discutirá o Escritor, Portugal e o Neorrealismo, em Vila Franca de Xira, Lisboa, Coimbra e Porto, no período de 12 a16 de novembro de 2012.

Segundo nota do editorial a ideia do evento está para além da pretensão de homenagear o autor baiano, as duas edições do evento quer "aprofundar estudos sobre a obra amadiana, com ênfase na potencialidade crítica de sua escrita e para a construção de diferentes imagens/imaginários sobre o Brasil em uma dimensão alargada das representações culturais". E conclui: "
a partir do efetivo intercâmbio entre diferentes grupos e linhas de pesquisa de países de língua portuguesa, reconhecendo-se a amplitude internacional do legado de Jorge Amado no âmbito da História, das Letras e das Artes, pretende-se fomentar a construção e a consolidação de propostas de pesquisa que possam ser desenvolvidas em rede."

Todas as informações podem se adquiridas acessando uma fan page no Facebook ou no blog-espaço do evento, aqui


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cinco livros para conhecer a obra de William Faulkner

Os melhores diários de escritores

Essa estranha instituição chamada literatura: uma conversa com Jacques Derrida

Lolita, amor e perversão

O conto da aia, o pesadelo de ser mulher numa teocracia

Os ventos (e outros contos), de Eudora Welty

O primeiro conto de Ernest Hemingway

Há muitos Faulkner

Kazuo Ishiguro, Prêmio Nobel de Literatura 2017

Boletim Letras 360º #239