Declame para Drummond em Natal





Falamos por aqui sobre uma ideia vinda pelas ondas da web do Rio de Janeiro, mas já desembocada aqui em Natal este ano: o projeto Declame para Drummond. Trata-se de um rico intercâmbio de poesia autoral em homenagem ao poeta que completaria 110 anos no dia 31 de outubro deste ano.

O coletivo é formado por 110 poetas  do Brasil e de Portugal, que têm entre outras missões a distribuição de poemas em suas cidades para que sejam encontrados “no meio do caminho” de algum ilustre desconhecido.

O Declame para Drummond é uma iniciativa da poeta e produtora cultural independente Marina Mara – que vem realizando projetos de popularização da poesia pelo Brasil – em parceria com poetas de várias regiões do país e também de Portugal.

Todos os poetas do coletivo, assim como as pessoas interessadas em distribuir os poemas do projeto em suas cidades retiraram (ou pode retirar) os textos que já estão prontos para imprimir (basta ir por aqui), devidamente identificados com o nome do projeto e uma caricatura do poeta Carlos Drummond de Andrade assinada pelo mestre Chico Caruso, que carinhosamente abraçou o projeto.

Além de mostrar que a poesia – e nossos poetas – estão bem vivos, o projeto também chama a atenção para a necessidade de consumir poesia em nossa sociedade. Segundo a idealizadora do projeto, Marina Mara, “o Declame para Drummond, apesar de homenagear o grande poeta imortal, tem como maior objetivo disseminar os poemas autorais de nossos poetas vivos, muitas vezes esquecidos pela nossa sociedade e pelo mercado literário”.

O projeto surgiu em 2010 e pela ocasião realizou um sarau aberto com a participação de poetas do Rio de Janeiro, da família de Drummond, além do público que declamou próximo à sua estátua na praia de Copacabana – RJ.

Em Natal, as ações do Declame para Drummond 2012 estão a cargo do poeta e professor Pedro Fernandes, que fará uma intervenção durante o já tradicional café literário que se realiza na Livraria Nobel da Av. Salgado Filho, no dia 30/10, pelas 19h. A partir de amanhã, todos poderão pegar poemas em qualquer uma das livrarias da cidade abaixo listadas:

- Poty Livros (Praia Shopping, Cidade Alta, Salgado Filho);
- Livraria Saraiva (Natal Shopping, Midway Mall);
- Livraria Nobel (Salgado Filho);
- Cooperativa Cultural Universitária, Campus da UFRN.

***

Os que acompanham a fan page do Letras no Facebook têm até amanhã para se inscreverem noutra ideia que está acontecendo por aqui: o sorteio de um exemplar da Antologia Poética, do poeta Carlos Drummond de Andrade. Informações, basta ir aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Inferno provisório, de Luiz Ruffato

L’amour, de Michael Haneke

A religiosidade clandestina de Hermann Hesse

O Bovarismo como pedra de toque na obra de Lima Barreto

Rupi Kaur: poeta reconcilia o passado das mulheres indianas e transforma sua dor em tema universal

Como alguém se transforma num escritor? Dez notas sobre o primeiro livro

Entre a interdição e a plenitude: treze livros para o Orgulho Gay

Clara dos Anjos: a chaga dos anos 20

O progresso do amor, de Alice Munro

Apontamentos sobre alguns textos curtos de Tolstói