Letras in.verso e re.reverso na segunda fase do Prêmio TOPBLOG 2012




O Letras amanheceu, mais feliz. É que descobrimos nossa classificação para a segunda fase do prêmio mais concorrido nacionalmente, o Prêmio TOPBLOG que está este ano completando sua quarta edição. Isto é, o prêmio é mais novo que o blog, mas é a primeira vez que resolvemos concorrê-lo. 

Estamos entre os 100 mais votados pelos internautas na categoria Literatura. E estamos na disputa pelo disputadíssimo 3º lugar. Este post é para além de comunicar a vitória da primeira fase, cumprimentar a todos os que apostaram no nosso nome. É também para renovar os votos que confiança que nos foi dado e pedir ajuda para mais uma fase. 

Como votar

É muito simples. Basta entrar no link ou clicar no banner Top 100 - Finalista 2º Turno que está logo na coluna à esquerda do blog que você é direcionado para a votação. Cada pessoa pode votar até três vezes: por e-mail, facebook e twitter. Importante: depois de dar o voto por e-mail, NÃO esquecer de cumprir com a confirmação. O último dia para votar é 10 de novembro de 2012.

O que é o Prêmio TOPBLOG

O Prêmio TOPBLOG foi criado em 2008 e tem como objetivo o reconhecimento de blogs que interagem socialmente na web para compartilhamento de ideias, experiências e perspectivas, contribuindo, deste modo, como o desenvolvimento sócio-cultural do Brasil. 

O prêmio é disputado através de votação popular e acadêmica. O primeiro grupo formado por internautas e o segundo por um júri do TOPBLOG. Dividido em duas fases, o anúncio dos 100 colocados foi feito no último dia 10. Estes 100 concorrem agora por um dos três primeiros lugares.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cinco livros para conhecer a obra de William Faulkner

Alguns dos melhores começos de romances

Uma entrevista inédita com Liev Tolstói

Água viva, de Clarice Lispector

Potnia, de Leonardo Chioda

Avenida Niévski, de Nikolai Gógol

A lista de leituras de Liev Tolstói

De Mário Peixoto, é preciso virar a página

A ignorância, de Milan Kundera

O romance perdido de Sylvia Plath