Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 8, 2012

Mensagem, de Fernando Pessoa

Imagem
Por Pedro Fernandes


O que dizer de um poema que, nas literaturas de língua portuguesa, é talvez o mais estudado de todos e, ainda assim, se apresenta como fonte inesgotável de leituras, seja porque o texto poético assim sugere, seja ainda porque seu escritor deixou uma série de desenhos representativos no modelo de construção de seu texto? Um estudo da gênese de Mensagem (deve haver) responderia muitas impressões simbólicas que estão aí. Se Pessoa era admirador das ciências ocultas, conseguiu reproduzir esse ocultismo na concepção desse poema, que a princípio poderia figurar como um épico ou exaltação do povo português, mas no fim, não se reduz a isso, e o que está planejado pelo seu escritor está para além dessa ingênua conclusão. 
Publicado em 1934, graças o vencimento do prêmio Antero de Quental, instituído nesse ano pelo governo português, através do Secretariado de Propaganda Nacional, esse livro se constitui na única obra que Fernando Pessoa viu publicada na sua língua materna. …