Postagens

Mostrando postagens de Maio 23, 2012

E ele nunca sai de moda

Imagem
Há pouco mais de um ano quando a editora portuguesa Babel aportou em terras brasileiras trouxe algumas novidades; além de uma caprichada edição de Indice das cousas mais notáveis, de Padre António Vieira, também trouxe-nos uma não menos caprichada edição do único livro publicado em vida por Fernando Pessoa, Mensagem: uma edição símile da editada em 1934, um ano antes da morte do poeta. A prova recebida pela gráfica com assinatura do Pessoa e marcação nas 102 páginas do volume e o risco no título original que deveria ser "Portugal" com a substituição por Mensagem foi integralmente fotografada e publicada com a devida pompa pela Babel brasileira.

Depois seguiram-se as publicações de alguns contos também do Pessoa editados em formato de bolso: O banqueiro e o anarquista, O marinheiro e A essência do comércio, as que tive acesso. Todos são trabalhos que não haviam tido até então, pelo que sei, uma ampla estadia em terras tupiniquim. Tudo isso, para dizer que, agora, em Portugal -…