Postagens

Mostrando postagens de Novembro 9, 2012

Um Truman Capote inédito

Imagem
Um pequeno texto inédito de Truman Capote foi publicado para edição de dezembro da revista Vanity Fair. A peça de sete páginas foi encontrada pelo editor da revista, Sam Kasher, enquanto examinava documentos e papeis relativos a um romance inacabado do escritor que foi publicado postumamente em 1987 sob o título de Preces atendidas.  A trama deste romance envolve ricos e famosos e se passa num cruzeiro pelo Mediterrâneo; quando publicado casou frissom entre muitos amigos de Capote da alta sociedade estadunidense.
O título das seis páginas, “Yachts and thigns” (em português, “Iates e coisas”) coincide com um dos capítulos que Truman havia esboçado para este livro de 1987. Segundo a jornalista Sam Kashner, o narrador é claramente Truman e a personagem citada no texto, a Sra. Williams, seja Katharine Graham, editora do diário The Washington Post. As associações são consideráveis porque Preces atendidas trata-se de um romance autobiográfico. O biógrafo do escritor, Gerald Clarke que publ…

Ler e saber de Graciliano

Imagem
Falamos por aqui, enquanto anunciávamos algumas novidades de abertura das comemorações dos 120 de Graciliano Ramos feitos no último dia 27 de outubro. Resolvemos então saber melhores detalhes acerca das publicações de livros, entre elas uma edição que conjuga vários inéditos do autor de Vidas secas.
Intitulado Garranchos: achados e inéditos de Graciliano Ramos, o livro reúne 81 textos publicados entre 1915 e 1952. Trata-se de uma obra que complementa duas antologias de não ficção que vieram a ser publicadas postumamente – Linhas tortas e Viventes das Alagoas, ambas de 1962. Vão desde os primeiros artigos em que o escritor assinava com pseudônimos variados e discutia problemas sociais e políticos de Alagoas a versos numa curta incursão do prosador pela poesia. Para os estudiosos de sua obra, este um livro significativo porque vem revelar o processo de construção do estilo Graciliano de escrita, tal qual o conhecemos nos romances mais bem postos no cânone literário nacional e não apena…