Postagens

Mostrando postagens de Novembro 12, 2012

O silêncio de Philip Roth

Imagem
É sempre com certa pena que escutamos uma notícia como a que chegou na sexta-feira de todos os jornais do mundo: “O romancista norte-americano Philip Roth, um dos mais reverenciados autores mundiais, está se aposentando da carreira literária”. É verdade que tudo tem seu fim, mas espera-se sempre que seja este pelo inevitável fim da própria existência material, porque se tem, desde sempre, que escritor, por exemplo, é um tipo que não se aposenta, ou melhor, que aposentadoria de escritor é sempre a morte.
Mas, não foi o caso de Roth. Como também foi o caso bem conhecido no Brasil de Raduan Nassar que, em 1984, sem dá muitas explicações de motivos disse numa entrevista à Folha de São Paulo, que estaria trocando a carreira literária pela agricultura: “Minha cabeça hoje fervilha com outras coisas, ando às voltas com agricultura e pecuária, procurando me enfronhar sobre tratores, implementos, formação de pastos, tipos de capim, braquiária, pangola, setária, humidícola”, disse pela época. …