Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 20, 2012

Escrever para...

Imagem
Recentemente no Brasil tivemos algumas experiências de atores que foram do dia para outro (modo de dizer) aparecendo como autores. Não é fato novo, é verdade, cá já tivemos casos à parte, como Mario Lago. Mas quando digo dos recentes estou é pensando em fiascos como o da Vera Fischer romancista; depois dela veio (pelo que acompanhamos de maior badalação na imprensa) os versos de Juliano Cazarré, versos 'bem ditos', por sinal. Tivemos acesso à caprichada edição de Pelas janelas, editado pela Dublinense e tem muita coisa ali que vale uma leitura.
Agora, outros versos vêm a lume: os do hollywoodiano James Franco. De lá saiu coisas recentes da Marilyn Monroe, coletânea que só tem destaque para o bom acabamento editorial; pode se salvar o símbolo sexual leitor como dizem por aí que era (quem não terá visto já variadas vezes a pose da atriz lendo James Joyce ou com outro livro qualquer em mãos? Talvez se tivesse viva, lendo Joyce, não tivesse cérebro para ler Paulo Coelho, o querid…