Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 15, 2013

Na rota da contracultura

Imagem
Quem por aqui tiver tido a oportunidade de assistir o filme Na estrada, adaptação do livro homônimo de Jack Kerouac e signo da Geração Beat, entenderá um pouco do que foi este movimento.Mais que sexo, drogas e jazz, os meninos do grupo são responsáveis por colocarem no centro da cena o lado marginal da sociedade que talvez não fosse tão valorizado no universo artístico como se tornou depois deles.
No Brasil mesmo, ao ouvir a palestra do escritor Reinaldo Moraes em 2012 por ocasião do IV Festival Literário da Pipa, é que pude entender um pouco como, por exemplo, o movimento Beat foi responsável por sacudir até as esferas da literatura brasileira. Reinaldo com um dos romances mais representativos da cena literária brasileira contemporânea, o Pornopopeia está para o Brasil o que foram Kerouac e companhia nos Estados Unidos.
Fazendo uma breve consideração sobre o conceito para o que foi a expressão Geração Beat topei com um curto texto de Maurício Arruda Mendonça que assim define: “a ex…