Postagens

Mostrando postagens de Março 5, 2013

De gênios e genialidades

Imagem
Um texto crítico publicado por Luis Costa Lima no caderno decultura do jornal Valor de ontem dedica-se a revelar ao público leitor o livro de Antônio Geraldo Figueiredo Ferreira, As vistas que hoje estamos. A crítica elogiosa ao trabalho de um desconhecido – o romance levou cerca de dez para ser gestado e foi publicado recentemente pela Iluminuras com ares de fadado ao fracasso – deu ao escritor um avalanche de notícias dos grandes potentados midiáticos, como Folha de São Paulo. Se o professor que fez uma leitura atenta e acurada apontando os fatores pelos quais o livro de Figueiredo pode ser lido como uma grande surpresa; aquelas que temos todos quando pegamos um livro de autor desconhecido e daí descobrimos que ele leva jeito para coisa, essa surpresa foi imediatamente transformada em estardalhaço justapondo o jovem escritor ao lado de nomes como Machado de Assis e Guimarães Rosa.

Do dia para a noite o escritor, que fez questão de se mudar de São Paulo e desistir da vida agitada na…