Postagens

Mostrando postagens de Junho 27, 2013

Ferrugem e osso, de Jacques Audiard

Imagem
O currículo de Jacques Audiard comporta grandes feitos; não começou como diretor de cinema, mas como editor, depois escreveu roteiros, produziu os scripts para produções como Réveillon chez Bob, Mortelle randonnée, Baxter, Fréquence meurtre e Sexo. Tais posições certamente renderam em experiências para a posição de diretor assumida pela primeira vez em 1994 com um road movie sombrio, O declínio dos homens, filme que levar o César de Melhor Primeiro Filme. 
Dois anos depois, ele adapta o livro de Jean-François Deniau Um herói muito discreto, que recebe o prêmio para Melhor Roteiro no aclamado Festival de Cannes; cinco anos mais tarde, dirige Sobre meus lábios, que recebe nada menos que nove indicações ao César e ganha os prêmios para Melhor Roteiro e Melhor Atriz, Emmanuelle Devos. São da lista ainda De tanto bater, meu coração parou (2005), O profeta (2009), filme este que leva o Grande Prêmio do Festival de Cannes deste ano e nove prêmios César mais a indicação ao Oscar de Melhor Fi…