Postagens

Mostrando postagens de Agosto 5, 2013

A poesia de Herman Melville

Imagem
Quando estamos diante de um escritor de grande proficuidade é comum recorrermos aos gêneros, entre o mais cultivado, pelos quais ele transitou; é assim que se dão boa parte das grandes descobertas que podem desaguar numa redescoberta do escritor ou a ficarmos apenas com aquilo que de fato o fez estar entre as melhores leituras que já fizemos. Fora do universo dos escritores, no universo comum, muita gente algum dia já se arriscou a desenhar alguns versinhos, nem que seja naquelas situações – delicadas situações – de paixonite aguda (quer dizer ainda supomos que se faça isso). Então, se todos os mortais já se aventuraram por essa seara, esse tipo de aventura tem sido a mais recorrente entre os escritores. Machado de Assis, Rachel de Queiroz, José Saramago, Roberto Bolaño, e a lista se queda para muito longe.
Entre os da lista, está Herman Melville. Autor traduzido no Brasil e conhecido por Moby Dick, eleito já um dos grandes romances universais, e Bartleby, o escrivão. Não muito recen…