Postagens

Mostrando postagens de Setembro 30, 2013

W. H. Auden

Imagem
W. H. Auden foi um dos nomes mais significativos da poesia do século XX. Partindo da experiência do modernismo foi quem melhor soube aproveitar as contribuições de Ezra Pound e T. S. Eliot, mas afastando-se radicalmente pelo seu reacionarismo político para expressar-se numa linguagem extremamente pessoal que nem por isso perde de vista as grandes questões de seu tempo. Não se reduziu ao fenômeno poético; escreveu crítica literária, peças para teatro e ao longo de sua carreira, colaborou com nomes como Christopher Isherwood e Louis MacNeice e junto com Chester Kalman chegou a criar libretos para obras musicais a partir de Stravinsky, Mozart, entre outros.
Cresceu em Birmingham, na Inglaterra, e ficou conhecido, antes de sua poesia como alguém de acurada inteligência e sagacidade extraordinária. Seu primeiro livro, Poemas, foi publicado em 1928 com ajuda de T. S. Eliot. Pouco antes de a Segunda Guerra Mundial estourar, Auden emigrou para os Estados Unidos, onde conheceu o poeta Chester…