Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 19, 2013

Tatuagem, de Hilton Lacerda

Imagem
É preciso dizer antes de tudo que Tatuagem é a grande surpresa de 2013. Não que o diretor Hilton Lacerda não seja peça de se fiar; ele mesmo já realizou outras três produções tão boas quanto essa – Baile perfumado, Amarelo manga, Febre de rato. Mas, e muita gente há de concordar comigo, o filme que tem sido o mais premiado do ano, com suas peculiaridades e aposta na inovação, alcança uma singularidade na produção artística de Hilton.
Mas, o que faz Tatuagem ser a grande surpresa está naquilo que antecede a sua visão: as leituras repetitivas da crítica dita conceituada, desmanchando-se em elogios à produção – e aqui é possível que também essas notas entrem nesse rol – não nos convencem; ao menos à primeira vista e principalmente se depois de ler qualquer uma delas formos ver o trailer, esse instrumento que não é apenas a sinopse da narrativa como tem a missão de capturar o telespectador para ver o filme. E há algumas situações que a sinopse ultrapassa o filme, ou quem nunca não terá …