Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 13, 2014

Conjunto de correspondências inéditas de Mary Shelley virão a lume em breve

Imagem
Era apenas um clique ocioso num site para Nora Crook fazer uma descoberta das mais importantes para sua carreira acadêmica. Professora emérita na Anglia Ruskin University e especialista no período romântico da literatura estadunidense, na ocasião ela buscava na internet informações sobre a romancista Mary Shelley. No clique ocioso, uma lista de 13 arquivos associados ao site Essex Record Office – uma plataforma de arquivos on-line. A lista de treze arquivos estava denominada com o título “Carta de Mary Wollstonecraft Shelley”.
“Eu pensei, mas o que é isso, e cliquei no link” – relembra a pesquisadora que logo teve certeza da originalidade dos arquivos e do seu ineditismo. Graças ao puro acaso, Crook tinha à sua frente a maior coleção de cartas inéditas da autora de Frankenstein; uma descoberta e tanto em décadas sem muitas novidades do gênero em torno do nome de Shelley.
As missivas datam de entre 1831, nove meses depois da morte de seu marido, o poeta Percy Bysshe Shelley, e 1849, …