Postagens

Mostrando postagens de Junho 26, 2014

Heleno de ponta a ponta

Imagem
por Gabriel García Márquez


Dois domingos atrás o público de Barranquilla foi ao Estádio Municipal com o único objetivo de presenciar a volta do dr. Heleno de Freitas. Tenho a impressão de que, mais que as mãos para aplaudir, a torcida levava as gargantas para apupar. Não seria o mesmo Heleno de dois anos atrás o que naquela tarde iria aparecer no gramado. Era um homem completamente diferente, dois anos mais velho, já passado pelo torno de uma consciente e multitudinária análise, cujos resultados ainda são desconhecidos, o que impediu a todos que entendem de futebol atrever-se a dizer se Heleno é um gênio ou um palhaço sem o perigo de ter de se retratar no domingo seguinte.
Os dirigentes do Junior mais uma vez trouxeram o advogado brasileiro aos gramados colombianos, e com isso demonstram possuir um inteligente conhecimento da psicologia coletiva. Um público que paga para ver um espetáculo de qualidade é, de certa forma, um público sem esperança, ao qual nenhuma atração promete o futur…

O fantástico universo literário de Aldo Lopes

Imagem
Por Thiago Gonzaga



A literatura não é outra coisa além de um sonho dirigido Jorge Luis Borges
Freud disse certa vez: “seja qual for o caminho que eu escolher, um poeta/romancista já passou por ele antes de mim”. O pai da psicanálise não criou apenas uma bela frase, ele defendia os escritores criativos em geral, e enfatizava que eles tinham acesso a fontes que ele próprio ainda desconhecia, e que ainda não eram acessíveis à ciência, e que estes sabiam, muito antes dele, todos os modos possíveis do funcionamento mental.
Retomo essa frase filosófica de Freud depois de ter lido o romance A Dançarina e o Coronel do escritor “potiparaibano” Aldo Lopes, nascido na Paraíba , mas radicado no Rio Grande do Norte, há  mais de dez anos, inclusive vencedor de um Prêmio Câmara Cascudo, com um dos melhores romances publicados em solo potiguar neste início de século, O Dia dos Cachorros.
Porém, de onde ele é, é o que menos importa; o que importa é que Aldo Lopes é um escritor do Nordeste, um escrit…