Boletim Letras 360º #96

José Saramago pelas lentes de Daniel Mordzinski. A fotografia integra exposição no Brasil. Mais informações sobre ao longo deste boletim. 

Editamos algumas postagens em nossa página no Facebook para dizer do nosso retorno. Aqui, reproduzimos, não ipsis literis, mas a mensagem principal delas. Enfim (ou será já?) 2015! E renovamos aqui nosso propósito com este espaço virtual: congregar leitores e amantes da leitura em torno de temas da literatura e das artes. O que fato somos é um blog sobre literatura, artes e comportamento. Desde já agradecemos a todos que nos acompanham. E nos esforçaremos para trazer conteúdo de qualidade e interesse dos amigos. 

Mas, que nos aguarda em 2015? Bem, para a ocasião temos três anúncios, dois deles revelados nas nossas redes sociais: (1) no Instagram do blog @Letrasinverso iremos tentar cumprir com a meta de um livro por dia. Calma, é só a foto de um livro por dia! Iniciaremos na segunda-feira e durante as primeiras semanas do desafio publicaremos duas imagens até igualar os dias perdidos no recesso. Bacana, não? 

(2) E, por falar em livros, contabilizamos o número de títulos que já entregamos (ou enviamos, até o último sorteio de 2014) aos leitores do blog: 40 títulos! E tão logo a gente chegue aos 14 mil amigos no Facebook (coisa que não está longe, basta mil e setecentos trazer um só amigo e já a casa estará completa) iremos sortear outros 40! A meta é chegar aos 100 títulos em 2015! 

(3) A outra novidade, essa ainda não contada em nenhuma rede social, é a chegada de mais um colunista que integra as publicações por aqui: Alexandre Bonafim. Nosso sonho de ampliar esse grupo com gente boa está em curso.

O convite final é para que acessem nossas redes sociais e façam parte delas! Há sempre alguma novidade circulando por elas. E vamos às notícias da semana trazidas de nossa página no Facebook:

Segunda-feira, 05/01

>>> Espanha: Dois novos documentos inéditos localizados no Arquivo de Índias de Sevilha oferecem dados biográficos de Miguel de Cervantes

Os dados se referem à sua atividade de contador no antigo distrito de Servilha e, pela primeira vez, se mencionam as localidades de Osuna, Morón e Villamartín. Os documentos ainda fazem parte das descobertas de José Cabello Núñez, arquivista municipal de La Puebla de Cazalla e integram outros quatro papeis encontrados sobre o autor de Dom Quixote em 2014. O primeiro dos documentos agora encontrados é uma ordem de pagamento de 9 de novembro de 1593 de Cristóbal de Barros, provedor geral da Frota das Índias, dirigida a Francisco de Agüero, para que este entregasse ao comissário Miguel de Cervantes 19.200 maravedíes. Essa quantidade era o salário que devia receber Cervantes pelos 48 dias que se ocupou - entre 21 de fevereiro e 28 de abril de 1593 - em levar trigo e cevada de municípios da comarca de Sevilha para a provisão de Armada e as embarcações da Frota do Caminho das Índias. Leia sobre os quatro documentos encontrados em 2014 aqui.

>>> Brasil: Biografar Gregório de Matos 

Musa praguejadora é o novo título de Ana Miranda e que marca um retorno da escritora à obra e vida do poeta. O livro (que anunciamos aqui em janeiro de 2014) chega na altura em que uma edição completa da obra de Gregório de Matos já está na livrarias (cf. anunciamos por aqui). Dessa vez, ela teve acesso a uma bibliografia que não estava acessível à época de lançamento do premiado romance Boca do inferno. O título é uma biografia escrita para mostrar a grandeza literária do autor e as reviravoltas de sua vida.

>>> Estados Unidos: O clube de leitura de Mark Zuckerberg

Talvez a notícia mais divulgada da semana. Enquanto muitos se preocupam que Facebook e Twitter estão destruindo nossa capacidade de atenção e nossa capacidade de mergulhar em livros, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou este mês que lerá um livro a cada duas semanas e convidou outros 30 milhões de amigos no Facebook para juntar-se ao desafio. Qualquer leitor pode participar. Basta acessar "A Year of Books", uma página no Facebook. A página já tem mais de 100.000 likes. Se mesmo uma pequena fração dessas pessoas comprar os livros, o impacto real sobre a indústria editorial seria, ein (?) sem precedentes.

Terça-feira, 06/01

>>> Brasil: Algumas das traduções mais esperadas de 2015

The pale king, de David Forster Wallace está entre eles; Caetano Galindo, quem traduziu o catatau Graça infinita dedica-se ao trabalho que deve ser publicado pela Companhia das Letras. The bleeding edge, de Thomas Pynchon, é o título mais recente do mais recluso escritor estadunidense. A tradução está a cargo de Paulo Henriques Britto e deve sair também pela Companhia. Espera-se também por How to be both, de Ali Smith, Purity, de Jonathan Franzen, e Beatiful losers, de Leonard Cohen.

>>> Brasil: "Bilac vê estrelas"

Ruy Castro escreveu dois livros de ficção. Era no tempo do rei, de 2007, foi adaptado para os palcos três anos após seu lançamento. Agora, Bilac vê estrelas, o primeiro, de 2000, chega ao Teatro Sesc Ginástico transformado em comédia musical. Ambientado no Rio, durante a Belle Époque, o espetáculo dirigido por João Fonseca traz personagens como o poeta Olavo Bilac e o jornalista José do Patrocínio envolvidos em uma trama cômica que mistura ficção e fatos históricos. O texto, de autoria da dupla Heloisa Seixas e Julia Romeu, gira em torno do projeto de um dirigível, criado por Patrocínio e alvo de cobiça de um casal de vilões. Tudo contado, cantado e dançado com a ajuda de 15 músicas, especialmente compostas para a ocasião. Informações aqui. 

>>> Brasil: Leitores amantes da ficção de terror, preparem-se! Novas edições da obra de H. P. Lovecraft estão a caminho

Começa com as coletâneas de contos A maldição de Sarnath, À procura de Kadath e O horror em Red Hook, que são relançadas agora pela editora Iluminuras com novo projeto gráfico. São os três primeiros de uma série de sete que serão publicados até o final de 2015, concluindo os contos completos do autor. A Iluminuras lançará ainda seus textos em parceria e seu único romance, Nas montanhas da loucura, título que também foi recém-lançado em edição de bolso pela L&PM.

Quarta-feira, 07/01

>>> Brasil: Fica pronto mês que vem o documentário de Miguel Faria Jr. sobre Chico Buarque

O título (ainda provisório) é Chico: artista e o tempo. Com este longa, o cineasta segue a trilha aberta em 2005 com Vinicius, sobre o Poetinha. Uma equipe esteve, recentemente, com Chico e com a turma da “Piauí”, na Alemanha. Lá, o artista falou com parentes de seu falecido irmão Sergio Günther, fruto de um namoro de juventude de seu pai, e que inspirou o título do livro O irmão alemão.

>>> Estados Unidos: 2015, o ano de Susan Sontag

No momento em que se completam dez anos de sua morte (em 28 de dezembro), novos trabalhos buscam o lado mais humano de Susan. Um documentário, uma biografia e relançamentos de sua obra marcam a data dentro e fora do Brasil. Além da figura icônica é a construção de Susan proposta pelo documentário Regarding Susan Sontag, da estadunidense Nancy Kates. Enquanto isso (cf. anunciamos aqui tem seu tempo) a sua intimidade também está sendo investigada por Benjamin Moser, que prepara há quase três anos seguindo seus rastros pelo mundo, entre Budapeste, Havaí e Sarajevo uma esperada biografia autorizada da pensadora. E os diários de Susan entre 1947 e 1963 e o livro de ensaios Sob o signo de Saturno deverão ser relançados pela Companhia das Letras agora em 2015.

Quinta-feira, 08/01

>>> Japão: O consultório de Haruki Murakami

O escritor japonês vai dar conselhos para almas conturbadas em sua página na internet. O anúncio é da Shinchosha Publishing, sua editora japonesa. Para além das agruras da vida, o escritor também estará aberto a perguntas pessoais sobre os seus gostos (como gatos, seus animais favoritos, ou o Yakult Swallows, time japonês de baseball pelo qual o autor torce). “Após tanto tempo (sem aparições públicas), quero trocar emails com os leitores”, disse o escritor em nota enviada à imprensa. O site será batizado “Murakami-san no tokoro” (“O canto de Murakami”) recebe perguntas até o fim de janeiro, e Murakami vai respondê-las ao longo dos próximos dois meses. A página ainda não está no ar, informou a editora.

>>> Brasil: Exposição reúne fotografias de escritores

Desde cedo Daniel Mordzinski iniciou sua coleção de imagens de escritores: José Saramago (foto), Vargas Llosa, Gabriel García Márquez, Salman Rushdie, José Eduardo Agualusa, Agustina Bessa-Luís, Borges, Umberto Eco, Herta Müller... a lista é extensa. Pois bem, no SESC Bom Retiro em São Paulo, está em cartaz até 8 de março a exposição "Quartos de escrita - retrato de escritores em hotel" com 50 dessas fotografias. A itinerância do trabalho de Mordzinski que já é mundial já esteve no Festival Literário de Araxá. Reunimos no nosso Tumblr algumas dessas imagens

Sexta-feira, 09/01

>>> Portugal: Em 2015 vem a lume 20 contos inéditos de Fernando Pessoa

No ano em que se comemora o centenário da revista Orpheu, marco do modernismo em Portugal, os nomes de autores como Almada Negreiros, Mário de Sá-Carneiro e Fernando Pessoa deve dominar parte das rodas de conversa de 2015. Em março vão ser publicados Sobre Orpheu e o Sensacionalismo, de Fernando Pessoa. Além do título, outro do poeta português chama atenção: A estrada do esquecimento e outros contos. O título organizado por Ana Maria Freitas reúne um conjunto de contos e é publicado já em abril. Na antologia 20 dos textos são inéditos.


..........................
Sigam o Letras no FacebookTwitterTumblrGoogle+Instagram 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Uma pedra no caminho para a modernidade: o projeto drummondiano de humanizar o Brasil

Os melhores diários de escritores

A partir de quando alguém que escreve se converte num escritor?

Onze livros sobre escravidão e racismo na literatura estadunidense

Boletim Letras 360º #241

Escritos nas margens

A relevância atual de Memórias do cárcere, de Graciliano Ramos

O túmulo de Oscar Wilde

Angela Carter, a primazia de subverter

Ivan Búnin