Boletim Letras 360º #104

Durante a semana que antecede o Dia Nacional da Poesia – celebrado no próximo dia 14 de março – estivemos na lembrança de algumas ações já desenvolvidas no intuito de espalhar, para adiante, a poesia. Depois do Facebook, por exemplo, já realizamos um Sarau Virtual (2014) (você pode acessar a ideia aqui); uma celebração à poesia escrita por mulheres num evento chamado "Porque a poesia é fêmea" (2013) (você pode acessar o álbum de poemas aqui). E sempre publicamos poesia independente de qual seja o dia (tem um álbum lindo aqui). E antes, muito antes do Facebook se consolidar como rede social principal que utilizávamos para atividades dessa natureza: já cultivávamos esse bom hábito em terras já agora inexistentes do Orkut, por exemplo, e antes do Orkut, aqui mesmo no blog (não devemos esquecer que foi daqui que criamos um espaço chamado versos à boca da noite, numa menção a um poema de Carlos Drummond de Andrade, e que serviu depois para uma coluna atuante ainda no blog do caderno-revista 7faces, outro periódico que recebe um nome graças a poesia do mestre brasileiro, e tem tocado adiante essa necessidade da poesia em nossos dias). Pois bem, é fato que estamos com a cabeça em trabalho de construir a programação para esse dia em 2015. Os leitores estejam, pelos recados de lembrança em nossa página no Facebook, e por aqui, atentos. Enquanto isso, deixem-nos contar as notícias dessa semana que circularam em nossas redes sociais.



Segunda-feira, 02/03

>>> Estados Unidos: Em exposição: instalação a partir de A jangada de pedra, de José Saramago

Os arquitetos Eduardo Souto de Moura e Álvaro Siza Viera apresentam Washington, nos Estados Unidos, uma instalação chamada Jangada de Pedra; o trabalho da dupla portuguesa é uma iniciativa do Arte Institute, com o patrocínio da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), e estará exposta em frente ao John F. Kennedy Center for the Performing Arts, como parte de uma mostra de criação contemporânea ibérica. A mostra cultural “Iberian Suite: Arts Remix Across Continents”, um evento de divulgação da cultura de Portugal e Espanha, estará patente durante três semanas – de 03 a 24 de março de 2015 – no Kennedy Center e contará com a participação de artistas de vários países de língua portuguesa e espanhola. Além da instalação dos dois arquitetos vencedores do Prêmio Pritzker é construída em pedra portuguesa e inspirada no livro de José Saramago.

>>> Brasil: O destino do inédito de Harper Lee no Brasil

Go Set a Watchman, o romance inédito de Lee, terá tradução no Brasil a sair no final de julho, duas semanas após sair nos EUA. Na semana passada, em que editores de vários países fizeram romaria a Londres para ver os originais, os direitos foram adquiridos por aqui pela José Olympio – editora que já publicou o único O sol é para todos, e que promete reeditá-lo até abril com nova tradução (falamos sobre isso por aqui). A editora assinou termo de confidencialidade para que o texto não vaze. O anúncio da obra, 55 anos após o único título lançado por Lee, foi controverso porque ela sempre disse não querer publicar outros livros e, segundo amigos, não teria condições de decidir isso agora – argumento rejeitado pela advogada dela. Embora a história se passe após o romance de 1960, Go Set a Watchman foi escrito antes. Nos Estados Unidos, a tiragem inicial será de 2 milhões de cópias.

Terça-feira, 03/03

>>> Brasil: O novo livro de Thiago de Mello

Chama-se Acerto de contas e será publicado pela Global Editora. Ao todo mais de 70 poemas escritos durante o período quando o poeta esteve no exílio. Dividido em cinco partes - a última delas é dedicada a uma espécie de antologia com os seus principais poemas. O livro chega aos leitores até o mês de abril. Thiago de Mello foi recém-homenageado com o título de membro de honra da Academia de Letras da Romênia.

>>> Brasil: Mais de 300 eventos literários Brasil afora em 2015

Podem até continuar nos acusando de que somos de um país que menos lê (e os números estão aí para não ser mentira), mas ainda temos chances. Uma matéria publicada hoje no jornal O Globo assinala que só em 2015 acontecerão mais de 300 eventos literários Brasil afora. Os encontros podem ser um potencial na formação de leitores visto que em grande parte funcionam como um elo entre escritor-obra-crítica-leitor. "Desde 2006, o BNDES já destinou mais de R$ 1,2 bilhão para financiar 26 projetos do mercado editorial —, e as festas literárias abocanharam boa parte dos recursos", destaca a matéria. E apresenta alguns curiosidades que fogem do centralismo representado por eventos como a FLIP: a Feira do Livro de Ribeirão Preto recebe mais de 500 mil pessoas anualmente; já existem até feiras especializadas em livros indígenas, e bienais exclusivas de livros espíritas; e o evento literário mais antigo do Brasil é a Feira do Livro de Porto Alegre, que já está na 60ª edição (a primeira foi em 1955). Por falar nisso o site Roteiros Literários reúne uma agenda para todo leitor apaixonado por encontros dessa natureza.

>>> Brasil: Sophia de Mello Breyner Andresen para brasileiros

Depois de publicar A menina do mar, a Cosac Naify anuncia que vai colocar nas livrarias agora em julho A fada Oriana. Lançado originalmente em 1958, o livro ganha ilustrações de Veridiana Scarpelli. Já em fevereiro (cf. publicamos aqui) a 7faces caderno-revista de poesia dedicou a edição n.10 a homenagear a obra poética da escritora portuguesa. No número além dos ensaios sobre Sophia, depoimentos de Herberto Helder, Gastão Cruz e Eduardo Lourenço (leia aqui).

Quarta-feira, 04/03

>>> Brasil: Obras de João do Rio reeditadas pela primeira vez

Possivelmente um dos nomes mais representativos em pensar o Rio de Janeiro e sua eferverscência. Três livros seus ganham agora, no fim de março, reedição pela primeira vez: Psicologia urbana (1911), Os dias passam… (1912) e No tempo de Wenceslau (1917). As obras, que fazem parte da série Cadernos da Biblioteca Nacional e serão lançadas até o fim de março.

>>> Estados Unidos: Karl Ove Knausgård on the road

O New York Times convidou o norueguês e "escritor da moda" a fazer uma viagem pelas estradas dos Estados Unidos, hospedar-se em hotéis e comentar sobre a viagem. A tradição que honra Vladimir Nabokov em Lolita e Jack Kerouac em On the road e que Kanausgård não deixa de ter em conta. O único problema é que o escritor perdeu sua carteira de motorista. Assim começa esta viagem por entregas, onde a história dos vikings chegando à América tem tanto protagonismo com a neve e as carteiras de cigarro. Leiam e acompanhem tudo (em inglês) aqui.

>>> Brasil: Um caderno para Saramago

Uma entrevista que o escritor comenta sobre sua obra, política, religião e antevê o mundo pela sua frente; o belo discurso lido por ocasião do recebimento do Prêmio Nobel em 1998 e as reações da imprensa com o fato; vídeos que capturam o pensamento crítico de Saramago. Esses são alguns dos exemplos do que encontra o leitor num espaço que surgiu de tanto se repetirem publicações sobre o escritor português no Letras in.verso e re.verso foi quando concluiu a dissertação de mestrado que Pedro Fernandes , coeditor dessa página e editor do blog, resolveu dedicar um só espaço a elas. Na ocasião o espaço ficou batizado de "Um caderno para Saramago", definido como um work in progress para publicação/divulgação de materiais referentes à obra do Prêmio Nobel da Literatura no Brasil. Atualmente o blog conta com mais de 1000 entradas que inclui textos, vídeos, imagens, depoimentos, referências bibliográficas (ufa!) sobre Saramago. Recentemente, o espaço tem passado por uma revisão e uma repaginada, mas segue aberto à visitação de todos aqueles que buscam informar-se seriamente sobre a obra do escritor português. Um manancial! Visitem aqui.

Quinta-feira, 05/03

>>> Estados Unidos: Submeteram a literatura a uma ressonância e descobriram: todo esse tempo e vimos escrevendo apenas seis tipos diferentes de romance

Trata-se de um estudo apresentado pelo professor da Universidade de Standford, Matthew Jockers que defende: todas as obras de ficção seguem um de seis modelos de enredo. O professor submeteu 40 mil romances a uma análise informática para determinar a mudança histórica no que toca às emoções e ao tom das obras. O propósito seria responder a duas perguntas. Existe algum arquétipo de enredo? Em caso afirmativo, quantos existem? Todos os detalhes aqui.

>>> Brasil: Virada poética

O 14 de março sempre foi uma data magna para a poesia no Rio Grande do Norte. Foi por essa data que muitos eventos de qualidade já foram organizados. Há algum tempo a coisa andava meio às traças; mas, ao que parece em 2015 será diferente. A programação anunciada pelo jornal Tribuna do Norte antevê essa suspeita: um evento com misto de poesia vindo de nomes já consagrados e de poetas potiguares e uma programação que começa já no dia 13 de março, com o lançamento do encarte da "Virada Poética", editado por Cinthia Lopes (Tribuna do Norte). Os destaques da data são ainda: o projeto "Poesia na passagem”, que busca levar a poesia para ônibus, estações de transferência, etc.; Chacal (imagem) que integra agora o catálogo da Editora Jovens Escribas e apresentará o inédito 'Seu madruga e eu e a exposição dos escritos de Ana Maria Cascudo - “Neblina na Vidraça: relembrando Palmyra Wanderley” sob curadoria da Sala Natal e Instituto Ludovicus. Toda programação aqui.

>>> Brasil: Pablo Neruda inédito

Os 21 poemas encontrados de Neruda já editados pela espanhola Seix Barral, ganham edição no Brasil em julho. A edição é da José Olympio. Em nota divulgada a pouco em sua página no Facebook, a editora confirma que a edição será bilíngue com fac-símile dos originais. Em janeiro fizemos uma matéria sobre essa obra (com fragmentos de tradução para o português mais algumas imagens dos originais). Leia aqui.

Sexta-feira, 06/03

>>> Portugal: Um humanista por acaso escritor

É este o título de mais um documentário sobre o escritor José Saramago, definido como "um filme-homenagem que busca olhar o mundo pelas lentes desassossegadas do escritor. Documentário que revive o redemoinho de sensações, palavras e lembranças deixadas em quem o sentiu por perto. Um humanista, que usou os microfones de um escritor, para gritar sobre o nosso mundo". A direção é do jornalista e mestre em Estudos Literários Leandro Lopes. No Youtube, um trailer.

>>> Estados Unidos: Fernando Pessoa em exposição

Está em cartaz na Biblioteca do Congresso, em Washington, uma exposição sobre o poeta português. A mostra reúne manuscritos originais como uma carta original e um original de um dos primeiros poemas que escreveu em inglês. É uma mostra com acervo pertencente à próprio biblioteca. O poeta morou na África do Sul e foi educado em inglês. Seus primeiros poemas, datados de 1901, foram escritos em inglês. A exposição segue em cartaz até 30 de março, com entrada gratuita e faz parte de uma série de iniciativas para divulgação do nome do poeta naquele país: já por esses dias, o pesquisador Richard Zenith, vencedor do Prêmio Pessoa em 2012, tem feito conferências na biblioteca e na Universidade de Georgetown.

..........................
Sigam o Letras no FacebookTwitterTumblrGoogle+Instagram 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alguns dos melhores começos de romances

Uma entrevista inédita com Liev Tolstói

Água viva, de Clarice Lispector

Potnia, de Leonardo Chioda

Avenida Niévski, de Nikolai Gógol

A lista de leituras de Liev Tolstói

De Mário Peixoto, é preciso virar a página

A ignorância, de Milan Kundera

O romance perdido de Sylvia Plath

Boletim Letras 360º #236