Boletim Letras 360º #146

Mario Vargas Llosa: o novo e segundo autor latino-americano da prestigiada coleção Plêiade. Mais detalhes ao longo deste boletim.


Uma ou outra postagem durante a semana no blog. Mas, em plena atividade (quer dizer, quase em plena atividade) nas redes sociais. É o nosso recesso de fim e início de ano. E tem, no Facebook, além das notícias da semana uma retrospectiva, cf. dissemos, com todo o conteúdo mais visto (e o que gostaríamos que tivesse sido o mais visto) do ano. Seguimos!

Segunda-feira, 21/12

>>> Brasil: Os preparativos para o ano de Ana Cristina Cesar

A escolha do nome da poeta como homenageada da Festa Literária Internacional de Paraty em 2016 tem rendido boas surpresas: uma delas é que o Caderno-revista 7faces anunciou que dedicará a edição do segundo semestre à obra da poeta. Outra, a revelação de dois áudios inéditos de Ana do arquivo de Heloísa Buarque de Hollanda. Amiga íntima da autora de A teus pés, HBH trabalha também na criação de aplicativo com os cartões postais que recebeu dela. Os áudios vão compor os extras da nova edição de Correspondência incompleta, edição das cartas entre a poeta e amigas organizada por Heloísa e Armando Freitas Filho e publicada e-galáxia em 2016. Uma fita é a entrevista de Ana C. a Heloísa num programa de rádio. Outra é uma palestra que ela deu sobre sua obra. A editora lança ainda o perfil da poeta feito por Ítalo Moriconi para a coleção "Perfis do Rio", da Relume Dumará. E também a coletânea 26 Poetas Hoje, na qual Heloísa Buarque reuniu os autores da poesia marginal.

>>> Brasil: Uma tragédia! Incêndio de grandes proporções atingiu o Museu da Língua Portuguesa, na Estação da Luz (região central de SP), na tarde da segunda (21). 

Por ser segunda-feira, o museu estava fechado na hora em que o prédio começou a pegar fogo. Funcionários relataram que evacuaram as instalações tão logo ouviram o alarme. O fogo só foi controlado mais de duas horas depois, por volta das 18h30. Um bombeiro civil morreu. Estima-se que todo acervo foi perdido e toda estrutura foi afetada; no trabalho de reconstrução há possibilidade de recuperar grande parte das perdas, visto que o acervo do MLP era todo digital. A pergunta é, quando estará reconstruído. Em 2003, um incêndio parecido atingiu o Memorial da América Latina e até agora o lugar permanece fechado.

>>> Brasil: Parte do catálogo da Cosac Naify vai para a Companhia das Letras, outra parte pode ir para mãos de uma nova editora e...

O primeiro comunicado foi publicado no blog da Companhia; diz que as duas editoras "chegaram a um acordo que visa perpetuar importante parcela do catálogo da Cosac Naify, sobretudo nas áreas da ficção literária, clássicos, antropologia e literatura infanto-juvenil"; acrescenta que "a lista final dos livros que serão transmitidos à Companhia das Letras será divulgada oportunamente, uma vez que, em muitos casos, depende da anuência de autores e detentores de direitos autorais, processo este ainda em curso". Sobre o restante do catálogo, este "será negociado com outras editoras". A editora ainda usará este nome até dezembro de 2016 para a edição de cinco livros de arte (monografias de artistas) já em progresso. Hoje, a editora Cosac comunicou o fechamento das suas redes sociais. Já sobre uma nova editora, a notícia veio na sexta-feira (25). Florencia Ferrari e Elaine Ramos foram diretoras editorial e de arte da casa e têm um novo projeto para o qual buscam investidores: uma nova editora que deve contar com alguns títulos que eram da Cosac Naify. O interesse delas recai sobre coleções de design e antropologia, além de literatura estrangeira e infanto-juvenis. A ideia ainda não tem nome - ou pelo menos não foi anunciado. A notícia tão cedo deve-se a uma estratégia de preservação dos interessados no patrimônio editorial acumulado pela editora bem distantes. Foi assim com o anúncio da Companhia das Letras.

Terça-feira, 22/12

>>> Brasil: Uma antologia poética para marcar os 400 anos da publicação da segunda parte do Dom Quixote, de Cervantes

Poemas para Dom Quixote e Sancho é organizado pelo escritor e crítico literário Carlos Newton Júnior e sai pela EDUFPE; são 50 poemas de 40 poetas de língua portuguesa de ontem e de hoje. Entre os destaques poemas de José ‎Saramago, Manuel Bandeira, Cruz e Sousa e Machado de Assis.

>>> Brasil: Publicado em 2009, Leite derramado ganhará versão para o teatro

O monólogo de um homem muito velho, que está no leito de um hospital dirigido a todos que estão ao seu redor criando dúvidas e suspenses sobre o que ditou ganhou o gosto de Roberto Alvim que retrabalhou o texto original, transformando-o em um espetáculo para 20 atores, além de música executada ao vivo por dez profissionais, liderados por Vladimir Safatle, também autor da melodia. A partir desse livro, o dramaturgo buscará pensar o tema a formação do Brasil por meio do teatro.

Quarta-feira, 23/12

>>> Portugal: A nova edição da Revista Blimunda está online

Alguns dos destaques do último número de 2015 do mensário da Fundação José Saramago são: uma entrevista de Ricardo Viel com Sérgio Rodrigues, o autor cujo romance "O drible" acaba de ser apresentado em Portugal e sobre a adaptação do romance Claraboia para o teatro pelo grupo A Barraca; a seção Saramaguiana publica um ensaio fotográfico da adaptação teatral, acompanhado de excertos do romance de José ‎Saramago. Estas e outras novidades podem ser acessadas online (o download é gratuito).

Quinta-feira, 24/12 

>>> Brasil: Nova reedição da obra de Guimarães Rosa chega às livrarias

Já se passaram alguns anos da grande tarefa de reeditar a obra de Guimarães Rosa; o projeto passado recebeu a alfinetada de vários estudiosos da obra do escritor mineiro por constantes cortes e readequações vocabulares, situação que terá levado interessados em pesquisar a obra de GR recorrer às edições exorbitantes das edições já raras editadas então pela José Olympio. Se este é um problema resolvido, ninguém fala. Mas, a Nova Fronteira iniciou a reedição dos livros do escritor com novo projeto gráfico e em capa dura. Saíram até agora dois títulos: o clássico Grande sertão: veredas e Estas estórias. Algumas obras da última reedição já estavam foram de catálogo.

Sexta-feira, 25/12

>>> Japão: O romancista japonês Haruki Murakami vai traduzir os textos de Allen Ginsberg que serão cantados pela cantora estadunidense Patti Smith no espetáculo "O poeta fala", A homenagem ao poeta acontecerá em Tóquio em junho 2016; o ensaísta e tradutor Motoyuki Shibata, considerado o mais importante tradutor da literatura estadunidense contemporânea para japonês, ajudará o romancista na empreitada. No espetáculo, já apresentado em Edimburgo em 2013, Patti cantará os poemas de Ginsberg em inglês e os textos aparecerão traduzidas para japonês numa grande dela. Duas apresentações do espetáculo estão programadas para o dia 4 de junho, um dia depois dos 90 anos do poeta.

>>> França: O escritor peruano Mario Vargas Llosa, que completará 80 anos em março próximo, conseguirá o raro privilegio para um autor vivo: entrar na prestigiosa coleção dos clássicos de Plêiade, na França

O editor da Gallimard anunciou que oito romances do Prêmio Nobel de Literatura, publicados entre 1963 e 2006, estarão à venda numa caixa como dois volumes quatro dias antes do seu aniversário, que é celebrado dia 28. Os oito títulos editados em francês foram escolhidos pelo próprio Vargas Llosa entre sua prolífica obra e terão prefácios inéditos do autor. O primeiro tomo incluirá A cidade e os cachorros, A casa verde (este além do prólogo com um ensaio de Llosa sobre os segredos de escrita do romance), Conversa no catedral e A tia Júlia e o escrevinhador; A guerra do fim do mundo, A festa do bode, O paraíso na outra esquina e Travessuras da menina má farão parte do segundo volume. Editada a partir de 1931 a coleção Plêiade inclui mais de 800 volumes dos clássicos da literatura universal. A preparação da entrada da obra de Llosa levou anos de trabalho da editora. Até agora, só 16 nomes tiveram o privilégio de pertencer ao seleto grupo. Da América Latina, só o argentino Jorge Luis Borges entrou em 1993.


.........................
Sigam o Letras no FacebookTwitterTumblrGoogle+InstagramFlipboard

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A atualidade da tragédia grega

Ernesto Sabato, algum testamento

Dezesseis obras imprescindíveis ganhadoras do Prêmio Pulitzer

É urgente redescobrir a poesia de Hilda Hilst

Boletim Letras 360º #216

A genial arte de escrever em pé

Café Society, de Woody Allen

Em teu ventre, de José Luís Peixoto

A violência como produto humano

Mães de tinta e papel: onze livros