Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 20, 2015

Alegorias dramáticas do Herói Romântico (Parte 2)

Imagem
Por Leonardo de Magalhaens


O Eu-lírico é um ser feito de contemplação – diante da Roma manchada de sangue, respingado sobre colunas, colunatas, arcos do triunfo, arenas, onde morriam os escravos, os gladiadores, os mártires cristãos – numa perspectiva em que a História é um processo de vitórias e derrotas, alternadas e em série, e repetidos,

There is the moral of all human tales: 'Tis but the same rehearsal of the past, First Freedom, and then Glory--when that fails, Wealth, vice, corruption--barbarism at last. And History, with all her volumes vast, Hath but ONE page,

(“Eis a moral de todos os relatos humanos; / É nada além do mesmo ensaio do passado, / Primeiro Liberdade e então Glória – quando aquela falha, / Riqueza, vício, corrupção, - enfim, barbárie. / E a História, com seus volumes vastos, / Tem nada além de UMA página, [...]” CVIII)

São as obras humanas que se esforçam para resistir ao Tempo – que sobra na peneiragem dos tempos torna-se, então, obra clássica. O Tempo é ta…