Postagens

Mostrando postagens de Outubro 22, 2015

Assim na terra, de Luiz Sérgio Metz

Imagem
Por Pedro Fernandes

Uma visita a alguns dados biográficos sobre Luiz Sérgio Metz – é sempre necessária quando o autor não é tão conhecido pelo leitor, embora seja um conhecimento quase desprezível para a leitura de Assim na terra, não fosse o modo como esta narrativa está desenvolvida – mostra que foi um autor de pouca obra. Estreou na literatura em 1977 com a publicação de três contos no volume Histórias ordinárias, uma edição com tiragem limitada organizada pela Cooperativa de Escritores Gaúchos; quatro anos depois, O primeiro e o segundo homem, edição também de contos. Em 1986 publicou a biografia do poeta Aureliano de Figueiredo Pinto, e em 2006 (editado postumamente) um relato de viagem a cavalo pelo sul do Rio Grande do Sul.
A impressão queficará de quem inicia a leitura de sua obra por este Assim na terra – livro publicado em 1995, ainda antes da morte do escritor – é que a breve obra de Metz se inscreve no rol daquelas que negaram a extensão pela intensidade, sobretudo quando …