Boletim Letras 360º #154

Dois importantes nomes da literatura contemporânea. Duas perdas irreparáveis. Harper Lee e Umberto Eco.

Este boletim encerra duas notícias muito tristes para o universo da literatura: a morte de Harper Lee e Umberto Eco numa só data, 19 de fevereiro de 2016. E já nos faltam palavras para o que iríamos escrever na introdução dessas notas.

Segunda-feira, 15/02

>>> Portugal: Livro com todos os contos de Clarice Lispector também será publicado em terras lusas

O projeto de Benjamin Moser editado em 2015 pela New Directions tem galgado espaço fora dos Estados Unidos; depois da editora responsável pela obra da escritora no Brasil decidir publicar uma edição do mesmo trabalho por aqui (sai até abril), os portugueses também resolveram por apresentar Os contos completos de Clarice. Os 85 textos saem pela Relógio D'água.

>>> Brasil / Portugal: A obra integral de Herberto Helder começa a ser publicada a partir de 2016 e novos poemas do poeta vêm a lume em sua terra natal

O projeto é das Edições tinta-da-china. Só três livros (todos fora de catálogo) tinham circulação por aqui: O corpo, o luxo e a obra, Ou o poema contínuo e Os passos em volta. Este último será o primeiro dos lançamentos - já em abril. Mas, ainda este ano saem Poemas completos; depois, O bebedor nocturno, Poemas canhotos (o último publicado em vida) e Photomaton & Vox. Enquanto isso, em Portugal, a Porto Editora, responsável por editar sua obra vai lançar um livro de poemas inéditos de Herberto. Os textos foram recolhidos pela viúva do poeta a partir dos seus cadernos, onde constava já o título Letra aberta. A obra sai no mês de março, quando passa um ano sobre a morte do poeta. Outra novidade sobre a obra de Herberto Helder é que todo seu espólio já passa por uma digitalização.

Terça-feira, 16/02

>>> Estados Unidos: O novo romance de Jonathan Franzen ganhará adaptação para TV

A série terá em torno de vinte episódios e é fruto das emissoras estadunidenses que se uniram em torno do roteiro já em preparação por Todd Field e o escritor. Purity foi recebido com leituras mornas pela crítica, mas é outra maneira que Franzen encontrou de pensar sobre a família estadunidense contemporânea ao focalizar o trabalho de busca de uma garota pelo pai. Sabe-se que Daniel Graig (o James Bond da última safra de adaptações) estará na série como uma das personagens da obra. O romance é publicado no Brasil pela Companhia das Letras até o fim do primeiro semestre de 2016.

>>> Brasil: Nova edição da revista de estudos sobre a obra de José‪ Saramago

Segundo nota divulgada pelos editores do periódico, a edição agora publicada reproduz (em memória) um texto do prof. Cláudio Capuano, leitor da obra de José Saramago sobre a qual escreveu Tudo que trago são papéis: história, escrita e ironia no teatro de José Saramago e para assinalar a passagem dos 400 anos sem Miguel de Cervantes, um estudo comparado entre sua obra clássica Dom Quixote e A jangada de pedra, da professora Joanna Corteau, da Iowa State University. Acompanha o texto um caderno de notas manuscritas de Saramago sobre a criação do romance ora lido. São dois volumes: um em língua portuguesa, outro em língua espanhola, disponíveis gratuitamente na web através do site e com mais textos de leitores de diversas partes do globo.

Quarta-feira, 17/02

>>> Inglaterra: Foram encontrados dois poemas de J.R.R. Tolkien

Estavam num exemplar do anuário de 1936 do Colégio de Nossa Senhora, em Abingdon (Reino Unido) e se tratam dos poemas “The Shadow Man” (O homem e a sombra) e “Noel”. Acredita-se que Tolkien conheceu o centro quando era professor de Anglo-saxão da Universidade de Oxford, segundo informa a BBC. Os poemas foram impressos um antes da publicação de ‘O Hobbit’. O primeiro é a versão de um poema cujo texto final foi publicado em 1962 na coleção “Aventuras de Tom Bombadil”; o outro tem ainda a origem desconhecida.

Quinta-feira, 18/02

>>>> Estados Unidos: Estreia Indignação, a partir do romance de mesmo título de Philip Roth

Homem comum, A marca humana, O complexo de Portnoy... O mundo do escritor estadunidense tem saltado com facilidade para o cinema. Enquanto se apresenta uma versão de Pastoral americana, dirigida e protagonizada por Ewan McGregor, com produção brasileira e estadunidense, estreia Indignação, uma adaptação do 29º romance de Roth, dirigida por James Schamus. O romance narra a experiência iniciática de um jovem de 18 anos, Marcus Messener, nascido e criado em Newark, Nova Jersey, tomado pelo desejo de entrar na vida adulta; filho único de um açougueiro superprotetor, Messner busca uma faculdade do Meio-Oeste americano, bem longe de casa, o que lhe permite escapar da sufocante vigilância do pai, da medíocre universidade local onde cursara o primeiro ano e de suas funções como ajudante no açougue. As ações se passam pelos anos de 1951 quando os Estados Unidos enfrentam uma guerra cruenta na Coreia, conflito que paira como ameaça letal sobre a personagem. Logan Lerman é quem encarna a personagem central da obra.

>>> Espanha: Descoberto inédito de Pablo Picasso

Suspeita-se a existência de mais de 200 obras do pintor ainda por descobrir; grande parte delas são peças de quando o artista aprendeu a pintar ainda quando criança. “Retrato de um homem velho” é uma tela de 15,8 por 15,5 centímetros; mas é um retrato minucioso, cheio de detalhes e de grande expressividade, pintado entre o final de 1894 e início de 1895 em La Coruña, em sua última fase da estadia na cidade. A peça guarda características semelhantes ao resto da obra já descoberta desse período lido pela crítica como a época de virada na qualidade com que Picasso compõe seus retratos. A obra é apresentada na Casa Picasso de La Coruña na ocasião em que marca os 121 anos da primeira exposição do pintor na capital.

Sexta-feira, 19/02

>>> Brasil: Outras peças do desmanche da editora passarão à responsabilidade da Sesi-SP e Senai-SP

Depois de acertar com a Companhia das Letras, com a Editora 34 e com a possível editora a ser fundada por ex-funcionários a transferência de alguns títulos sai um acordo com a Sesi-SP e Senai-SP, editoras sem fins lucrativos, para a publicação de outras peças do catálogo da Cosac Naify. Na lista, cerca de 300 títulos de áreas diversas, com destaque para as coleções Movimentos da Arte Moderna, Cinema, Teatro e Modernidade, Mulheres Modernistas e Portátil. Em alguns casos, os projetos gráficos serão mantidos. Livros importantes que não tiveram bom desempenho comercial também interessam, e continuarão disponíveis em e-book ou em aplicativos - informa a coluna Babel da semana. Todo o restante dos livros da editora foi repassado para ser vendido exclusivamente pela Amazon.

>>> Brasil: O centenário de Murilo Rubião

A primeira celebração vem pelas páginas do "Suplemento Literário Minas Gerais", a mais antiga publicação sobre universo da literatura no Brasil. Em julho, mês quando chega a data dos 100 anos do nascimento do escritor sai uma edição especial com textos de nomes como Roberto Schwarz. A outra novidade é a realização de uma exposição ainda no mês de maio. A atenção do "Suplemento" é uma só: Rubião foi o fundador da casa que no segundo semestre chega aos 50 anos.

>>> Estados Unidos: Morreu Harper Lee

A notícia foi publicada pelo The New York Times e depois confirmada pela editora que publica a obra autora de "O sol é para todos" nos Estados Unidos. Autora de um único romance, vencedor do Pulitzer e já adaptado para o cinema, Harper Lee tinha 89 anos e vivia num abrigo para idosos na cidade onde nasceu, Monroeville, Alabama. Em 2015 apareceu a publicação da versão de um dos manuscritos de "O sol...", anunciado esta semana que ganhará versão, pela primeira vez, para os palcos da Broadway.

>>> Itália: Morreu o filósofo, semiólogo e romancista italiano Umberto Eco

Reconhecido por O nome da rosa, Eco morreu nesta sexta-feira (19), segundo noticiam os jornais italianos La Reppublica e Corriere della Sera. A informação foi dada por um familiar do escritor, mas a causa da morte não foi informada; segundo a agência de notícias France Press, o escritor lutava há algum tempo contra um câncer.

.........................
Sigam o Letras no FacebookTwitterTumblrGoogle+InstagramFlipboard


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pablo Neruda: o que não dá mais para ocultar

Água viva, de Clarice Lispector

Apontamentos sobre alguns textos curtos de Tolstói

Boletim Letras 360º #231

Quando Borges era Giorgie

Salinger, um grupo de psicopatas e os do MKUltra

A filha perdida, de Elena Ferrante

Gostamos de causar danos (com o grande romance estadunidense)

Jane Austen: casamento e dinheiro

A religiosidade clandestina de Hermann Hesse