Postagens

Mostrando postagens de Abril 29, 2016

Mal-entendido em Moscou, de Simone de Beauvoir

Imagem
Simone de Beauvoir escreveu Mal-entendido em Moscou entre 1966 e 1967. O texto deveria formar parte da compilação de A mulher desiludida, mas foi a própria autora quem acabou discordando depois da ideia a ponto de não publicar esse material; ele ficou inédito até 1992, quando a revista Roman trouxe como um título póstumo. No Brasil, o livro vem a lume pela Editora Record, com tradução original de Stella Maria da Silva Bertaux, em 2015.
Protagonizam o relato Nicole e André, um casal de professores parisienses que, já aposentados e na década de 1960 – década considerada no texto como antessala da decrepitude –, realizam uma viagem a Moscou para encontrar-se com Masha, a filha de André. O périplo realizado pelas três personagens é identificado pelos biógrafos de Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir com a viagem que os dois fizeram pela União Soviética no verão de 1966, acompanhados de Zonina, tradutora para o russo da obra do filósofo e uma de suas possíveis amantes.
O núcleo temático…