Postagens

Mostrando postagens de Maio 6, 2016

Sete pontos da filosofia da composição de Edgar Allan Poe

Imagem
Edgar Allan Poe sempre aparece em muitas listas e artigos literários não apenas porque alcançou elevada popularidade com os seus escritos, mas porque foi um escritor que muito teorizou sobre o que escreveu – seja o conto, seja a poesia. 
Quando vivo, não apenas por isso; na época em que se casou com sua prima aos 27 anos – ela tinha 13 – já há muito circulava entre vários grupos de jornais artigos seus sobre fofocas do mundo literário. Sim, estava atento de que o universo do qual fazia parte era diverso e oferecia material de igual forma para tornar público e esse talvez seja o principal valor que o levou tornar-se quisto então.
Agora, além dessa última observação em tom de fofoca, é preciso voltar a compreender o lugar desse Poe que deu forma a todo um universo literário e à maneira com a qual passou para as gerações futuras – sim, porque não foram os textos de certa pitada trivial aqueles que o fizeram a figura que se tornou para as gerações de depois.
Poe é um dos nomes da liter…