Postagens

Mostrando postagens de Maio 31, 2016

Os Buddenbrook, de Thomas Mann

Imagem
Por Luiz Fernando Moreno



Thomas Mann terminou Os Buddenbrook, seu primeiro romance de grande extensão, na primavera do ano de 1900, “depois de dois anos de trabalho frequentemente interrompido”, segundo relembra em sua breve autobiografia. Apenas quatro anos antes havia decidido abraçar o ofício de escritor. O êxito obtido por um completo conto, “A queda” (1894), o animou a escrever essa obra. Era um estudante desinteressado e a generosa mesada mensal obtida da venda dos negócios da família depois da morte de seu pai lhe permitia viver como boêmio, às vezes em Munique e, outras, na Itália. Depois de outra narrativa de sucesso, “A vontade de ser feliz”, apareceu essa pequena joia que é “O pequeno senhor Friedemann”, um conto de maior extensão que, dos seus precedentes, foi aceito pela prestigiada revista cultural Neu Deutsche Rundschau, da casa editorial Fischer. Foi da raiz desta pequena obra que o atento Samuel Fischer, advertindo o talento do jovem literato, o animou que compusesse …