Postagens

Mostrando postagens de Agosto 2, 2016

A poesia de Anne Quetzal e o erotismo da política portuguesa

Imagem
Por Joachim Lucano 


Poemas Americanos, de Anne Quetzal, é um livro escrito no feminino que apresenta textos poéticos que rompem com tudo o que se conhece e pode ser encontrado nas estantes das livrarias portuguesas. Poesia erótica, escrita numa linguagem de extremos, numa altura em que a poesia em Portugal vive de pequenos livros e obscuros poetas com algumas excepções como são os casos, entre outros, de Armando Silva Carvalho, João Rui de Sousa, Manuel Alegre e Yvete Centeno. 
A sociedade portuguesa vive um período de nostalgia no que respeita à arte e aos artistas. Na literatura todos temos saudades de José Saramago que aliava à publicação de belos e extraordinários romances uma intervenção pública sempre muito combatente. Ele não foi no seu tempo o único com um pensamento e uma combatividade fora do comum nos meios intelectuais portugueses de uma época literalmente dominada pelos políticos. 
Veja-se o caso de José Sócrates acusado de ter montado uma quadrilha para ir sacando dinheir…