Postagens

Mostrando postagens de Novembro 11, 2016

Leonard Cohen, o apaziguador sussurro

Imagem
Por Fernando Navarro


Figura capital da música contemporânea, Cohen demonstrou durante toda sua carreira que não havia mentira em sua obra. Cantava a verdade. E, de maneira mais assombrosa e dolorida possível, o fez pela última vez em You Want It Darker, seu último álbum, publicado há apenas um mês. Um álbum que soava despedida, que, com sua crueza instrumental e sua voz íntima e sombria, ficou esculpido como um barqueiro do Hades, servindo de trânsito até o outro lado da margem infinita. Como cantava na obscura composição que dá título ao trabalho, o músico confessava com seu tom grave que estava “fora de cena”, “velho” e “coxo”. “Estou preparado, meu senhor”, dizia num estribilho que agora já se sabe era premonitório. “Imagino que sou alguém que simplesmente renunciou a mim e a ti”, destacava em Traveling Light. Era uma obra em que planejava a morte do início ao fim. Esta que agora chegou.
Nascido em Montreal, Canadá, em 1934, Cohen, que cresceu no meio de uma família judaica, foi po…