Diário pedagógico

Por Pedro Fernandes

Não é foco deste blog as questões que dizem respeito à educação. Mas ele não é um espaço que se reserva às questões de literatura apenas. Isso está claro quando leitor se encontra com uma série chamada minhas falas, que reúne artigos / falas minhas sobre temas diversos, inclusive literatura, ou uma série a que agora escrevo chamada intervalo em que o interesse se volta às questões diversas que estouram como notícias que incomodam o dono desse espaço a ponto de merecer uma nota. O fato agora que tratarei em Letras in verso e [re]verso, mais especificamente na sessão minhas falas desdobrado numa série de textos que enfeixei com o título de Diário Pedagógico. Já por aqui houve outro feixe de textos que se volta às questões da Educação e do Ensino de Língua Materna. A diferença está que os textos que se interessavam pela problemática em questão foram um a um no Caderno Domingo, do Jornal De Fato, e estes que agora trago são inéditos, produzidos unicamente para espaço. Diário Pedagógico é o resultado da minha estadia numa escola municipal do interior do Estado do Rio Grande do Norte, na condição de professor de Língua Inglesa. Terá lugar no blog todas as quarta-feiras, a partir do dia 06 de maio de 2009.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cinco livros para conhecer a obra de William Faulkner

Essa estranha instituição chamada literatura: uma conversa com Jacques Derrida

Os melhores diários de escritores

Lolita, amor e perversão

O conto da aia, o pesadelo de ser mulher numa teocracia

Os ventos (e outros contos), de Eudora Welty

A ignorância, de Milan Kundera

Há muitos Faulkner

Kazuo Ishiguro, Prêmio Nobel de Literatura 2017

Boletim Letras 360º #239