À cata de novos nomes da Literatura Brasileira

Um concurso em busca de novos nomes da Literatura Brasileira



A revista Granta em português é publicada no Brasil pelo selo Alfaguara. No início do mês resolveu abrir o processo de seleção para lançar até julho de 2012, uma edição especial com "Os Melhores Jovens Escritores Brasileiros".

A edição segue tradição consagrada pela Granta inglesa. Desde 1983, a cada dez anos Granta publica um número intitulado "Os Melhores Jovens Escritores Britânicos". Estas coletâneas revelaram autores vibrantes, originais, que definiram novos rumos para a literatura inglesa. O mesmo conceito e formato seriam repetidos em 1996 e 2006 em edições de "Os Melhores Jovens Escritores Norte-Americanos" e, em 2010, com "Os Melhores Jovens Escritores em Língua Espanhola".

Para compor este primeiro número com escritores em língua portuguesa, serão considerados escritores com menos de 40 anos de idade, que tenham publicado ou assinado contrato para publicar obra de ficção. Para se inscrever, o concorrente precisa enviar à revista um conto ou trecho de romance, inéditos. Não serão considerados textos de não ficção, ensaio ou poesia. As inscrições, abertas em 10 de julho de 2011, serão encerradas em 30 de setembro de 2011.

Os textos inscritos serão avaliados por uma comissão de sete jurados, composta por quatro profissionais de renome no cenário da literatura brasileira, dois editores de Granta em português e um jurado selecionado em conjunto pelos editores da Granta inglesa e brasileira. A edição "Os Melhores Jovens Escritores Brasileiros" será publicada em outubro de 2012 por Granta no Reino Unido e, em 2013, nos países de língua espanhola.

Granta é hoje a revista literária mais célebre e influente de língua inglesa. Lançada quatro vezes ao ano, tem uma tiragem média de 70 mil exemplares distribuídos no Reino Unido e nos Estados Unidos, e 45 mil assinantes em todo o mundo. Cada edição reúne textos inéditos de ficção e não ficção, como contos, trechos de romances, relatos pessoais e jornalismo literário.

Ao longo dos anos, Granta se estabeleceu como uma revista que lança novos autores, além de publicar textos de nomes já consagrados, como Saul Bellow, Julian Barnes, Edmund White, Mario Vargas Llosa, Joyce Carol Oates, Gabriel García Márquez, Milan Kundera, Raymond Carver e Paul Theroux. Publicou também algumas das reportagens mais marcantes do jornalismo contemporâneo. A revista foi fundada em 1889 por alunos da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, e batizada de The Granta, nome do rio que banha a cidade. A intenção era publicar um periódico sobre política universitária, polêmicas estudantis e textos literários. Em 1979, após uma reformulação completa da revista, ela adquiriu o formato e o estilo que mantém até hoje.

***

O desfecho do concurso promovido pela Granta

Bom, o júri composto por Beatriz Bracher, Benjamin Moser, Cristovão Tezza, Italo Moriconi, Manuel da Costa Pinto, Marcelo Ferroni, Samuel Titan Jr selecionou a partir do processo anunciado em julho de 2011, dentre as 247 inscrições válidas, no final de fevereiro de 2012, os nomes de Cristhiano Aguiar, Javier Arancibia Contreras, Vanessa Barbara, Carol Bensimon, Miguel Del Castillo, João Paulo Cuenca, Laura Erber, Emilio Fraia, Julián Fuks, Daniel Galera, Luisa Geisler, Vinícius Jatobá, Ricardo Lísias, Michel Laub, Antonio Prata, Chico Mattoso, Tatiana Salem Levy, Carola Saavedra, Leandro Sarmatz e Antônio Xerxenesky.

Todos têm larga atuação e trânsito nos grandes conglomerados editoriais do país, o que levou certa revolta em nomes menores cuja aprovação para o seleto grupo não foi aceita. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A religiosidade clandestina de Hermann Hesse

Água viva, de Clarice Lispector

Pablo Neruda: o que não dá mais para ocultar

Apontamentos sobre alguns textos curtos de Tolstói

Boletim Letras 360º #231

Salinger, um grupo de psicopatas e os do MKUltra

Quando Borges era Giorgie

A filha perdida, de Elena Ferrante

Gostamos de causar danos (com o grande romance estadunidense)

Jane Austen: casamento e dinheiro