Boletim Letras 360º #95

Ernest Hemingway, o ainda soldado. Cartas do escritor receberão tradução em português no Brasil. Mais detalhes ao longo deste Boletim.


Um boletim de intermédio: de um lado estão os últimos dias de 2014; do outro os primeiros dias de 2015. Que o novo ano que já estamos permita o mesmo empenho nosso em fazer da literatura tema de convívio entre as pessoas. A seguir, o que foi notícia durante a segunda semana de marcha lenta.

Segunda-feira, 29/12

>>> Brasil: 2015 o ano de Arthur Miller 

Em outubro chegamos aos 100 anos do escritor e dramaturgo estadunidense Arthur Miller. Logo em janeiro, a Companhia das Letras publica Eu não preciso mais de você, uma coletânea de contos de Miller editada em seu país natal em 1967. A tradução de José Rubens Siqueira deixa o leitor brasileiro próximo de clássicos como o título que dá nome a antologia e "Os desajustados" - que deu origem ao filme de John Huston, estrelado por Marilyn Monroe, Clark Gable e Montgomery Clift -, "Presença" e "Moça do lar, uma vida", contos que apresentam uma série de retratos de personagens extraordinários com a vida transformada pelo indizível.

Terça-feira, 30/12

>>> Brasil: A ficção de Patrick Mondiano em português

2014 encerra com a chegada das reedições de Uma rua de Roma, Ronda da noite e Dora Bruder (cf. divulgamos aqui); e 2015 começa com mais outros três títulos do Prêmio Nobel de Literatura de 2014: Remissão da pena, a sair já em janeiro, Flores da ruína, em fevereiro e Primavera de cão, em março. Não se poderá mais dizer que é Patrick um escritor desconhecido.

Quarta-feira, 31/12

>>> Brasil: A Holanda é aqui

Para 2015 será realizado por aqui "Café Amsterdã", evento organizado pela Fundação Holandesa de Letras e marcado para o período entre 26 de agosto e 5 de setembro entre Rio de Janeiro e São Paulo, espalhado em ambientes como Itaú Cultural, Livraria Cultura, Martins Fontes, da Vila e Travessa. Nove autores já estão confirmados. Entre eles estão Herman Koch, cujo volume O jantar foi editado pela Intrínseca, que agora prepara a tradução de Summerhouse with Swimming Pool, Arnon Grunberg (autor de Tirza a ser publicado pela Rádio Londres) e Edward van de Vendel (o autor de Um milhão de borboletas, título editado pela Cosac Naify).

Quinta-feira, 01/01

>>> Brasil: Uma edição com as cartas de Ernest Hemingway

O primeiro tomo de As cartas de Ernest Hemingway, organizado por Sandra Spanier e Robert W. Trogdon é um dos destaques do selo Martins Fontes em 2015. A edição inclui missivas de entre 1907 e 1922, ou de seus tempos de estudante à chegada em Paris.

Sexta-feira, 02/01

>>> Brasil: Agatha Christie para o teatro

A adaptação é de O caso dos dez negrinhos – que agora é chamada em livro de E não sobrou nenhum. O texto é considerado uma das mais famosas histórias de Agatha Christie. A peça estreia janeiro, pelo dia 09, nos palcos em São Paulo sob a direção geral de Rafael Mallagutti, no Teatro Brigadeiro. E não sobrou nenhum ganhou edição em 2014 pela Globo Livros e ganhará outra edição pela Coleção L&PM Pocket em meados de 2015.

>>> Brasil: Reedição de obra de Rubem Braga traz clássico há 18 anos fora de catálogo

Há algum tempo toda a obra do cronista brasileiro tem recebido nova roupagem. O título mais recente nesse processo é Crônicas da Guerra na Itália, considerado um relevo dos seus escritos; trata-se de uma reunião crônicas de Rubem Braga para o Diário Carioca durante a Segunda Guerra Mundial. O autor não registra apenas o horror dos campos de batalha, o desespero dos soldados e o nazi-fascismo, mas também a beleza dos lugares por onde passou, a primavera na Itália, as pessoas que conheceu, o sofrimento com a neve e o frio.


..........................
Sigam o Letras no FacebookTwitterTumblrGoogle+Instagram 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alguns dos melhores começos de romances

Uma entrevista inédita com Liev Tolstói

Água viva, de Clarice Lispector

Potnia, de Leonardo Chioda

Avenida Niévski, de Nikolai Gógol

A lista de leituras de Liev Tolstói

De Mário Peixoto, é preciso virar a página

A ignorância, de Milan Kundera

O romance perdido de Sylvia Plath

Boletim Letras 360º #236